Informação

Um apartamento renovado com (muito) sucesso

Um apartamento renovado com (muito) sucesso

A grande atração deste apartamento está principalmente no amplitude de espaços e no livre movimento da luz. A princípio, não foi assim; sua excessiva compartimentação, típica de casas antigas, impedia uma distribuição funcional e dificultava o acesso aos ambientes por clareza. A grande mudança feita foi pensada e realizada por Málamo - estúdio e loja de arquitetura e decoração de interiores - especificamente, por sua diretora, María Lantero Moreno, que optou pelo demolição de todas as partições como ponto de partida para a reabilitação.

Com a planta diáfana como base, a nova organização se adaptou aos gostos e necessidades de seus proprietários. Destaca o amplo espaço compartilhado para sala de estar, hall, sala de jantar e escritório; apenas algumas paredes discretas em altura média e com vidro até o teto delimitam cada quarto. É a própria decoração, próxima à localização dos móveis e acessórios, que marca o ritmo interior da casa. Graças a esta peça feita sob medida, como se fosse um traje, foi possível expandir, mover e trocar. Por exemplo, o piso da cozinha foi projetado sem abrir mão da área de serviço e, no corredor, foi criado um banheiro para visitantes. Nos quartos, a mudança foi radical; A possibilidade de ter numerosos quartos em troca de medidores gratuitos em cada área de descanso foi renunciada. O resultado são três espaços amplos, cada um com seu próprio banheiro privativo e uma decoração aconchegante e aconchegante.

Os papéis de parede que cobrem as áreas de descanso e a decoração escolhida, sempre muito pessoal, foram as chaves para combater a possível sensação de frio em espaços tão amplos. Detalhes pontuais em tons intensos personalizam e equilibram certos espaços, como o quarto principal, enquanto a unidade nos acabamentos de toda a casa - piso de carvalho pintado de branco e paredes cobertas com laca ou papel de parede cinza - favorecem maior fluidez decorativo

Publicidade - Continue lendo em Sala ampla

Peças particulares de ar retrô marcado são misturadas com antiguidades, móveis clássicos e obras de arte para dar uma personalidade única à sala de estar e à sala de jantar. Sofá Málamo desenhado por María Lantero. Poltrona de pele com braços cromados, da Mompás. Lâmpada tripla dos anos 60, à venda nos tempos modernos. Mesas de centro, da Batavia. Pintura de Brocar. PLANO>

Área de estar

As pinturas localizadas no sofá e na cômoda são de Brocar. Sofás, de Málamo. Mesas de centro, da Batavia. PLANO>

Aumentar a luz

Uma parede coberta com uma folha de vidro fixa marca a separação entre a sala de estar e a de jantar sem impedir o fluxo natural da luz. O piso pintado de branco, as paredes cinza claro e as persianas das janelas são recursos perfeitos que ajudam a refletir a luz e melhorá-la. Sofá desenhado por María Lantero. Almofadas, de Málamo e Roche Bobois. Nas mesas, da Batavia, há alguns vasos de vidro de Murano, da empresa Archimede Seguso. A pequena escultura vem da Galeria Capa. Ao lado da janela, gravada por Brocar. PLANO>

Áreas de passagem

As áreas de passagem ou comunicação entre os espaços foram equipadas e decoradas para servir como fio condutor na estética da casa. Entre a sala de estar e a sala de jantar, encontramos uma linda cômoda antiga, de acordo com a área de estar, e vários vasos semelhantes aos que decoram a sala de jantar.
PLANO>

Sala de jantar

Móveis justos, mas muito bem escolhidos, compõem uma área de alimentação única. A escassez de artefatos se deve à presença imponente da pintura de Eduardo Laborde, que ganhou relevância ao mantê-la como a única obra de arte nesse ambiente. É feito com uma técnica mista original na qual a fotografia e a pintura são usadas. Mesa de jantar projetada por María Lantero; é o modelo de cubos feito de madeira de iroco e fórmica branca. Lâmpada, à venda em Anos-luz. Vasos, da Batavia, The Globe Furniture e do oleiro maiorquino Luis Castaldo. PLANO>

Cozinha com escritório

O novo piso quadrado resultante da reforma deixou espaço suficiente para equipar a cozinha com uma grande sala de jantar. A escolha do branco, tanto para a mesa quanto para as cadeiras e a luminária, deve-se à intenção de integrar a área ao meio ambiente. PLANO>

Uma cozinha personalizada

Os móveis da cozinha foram projetados por María Lantero e fabricados pela oficina de carpintaria de Málamo. A mesa, também feita sob medida, é da Silestone. As cadeiras são da Vitra. Lâmpada do teto, à venda em anos-luz. Todos os acessórios são da Vinçon. PLANO>

Quarto das crianças

A nova distribuição da casa levou, em alguns casos, a unir dois quartos. É o caso do quarto das crianças, agora amplo, com o objetivo de integrar o playground e a área de descanso. Cama Flexa. Edredão e almofadas, Zara Home. Manta rosa, Habitat. Papel de parede e tapete rosa, de Málamo. Mesa de cabeceira, da Batavia. PLANO>

Quarto principal

Os detalhes coloridos permitem criar uma maior sensação de profundidade no quarto. Esse espaço agora tem mais metros e muita clareza; Em uma base tão suave e neutra, os tons intensos ocupam o centro do palco e personalizam a atmosfera. PLANO>

Canto de leitura

Cama Tatami, projetada por María Lantero e feita de madeira de iroco manchada. Almofadas, da BSB e da Zara Home. Colcha de antenas. Manta, da Batavia. Foto na cama, de Ana Azcona. Poltrona e pufe, da Habitat. PLANO>

Área de lavatório

Gresita em vários tons de cinza, da Peña Tiles. Lavatórios, da empresa Duravit. Banheira, Roca. Bancos de madeira sob os lavatórios, à venda em Habitat. Cestas quadradas, de El Globo Muebles. Banqueta, da Batavia. Gravura, de Brocar. PLANO>

Banheiro

A busca por luz natural foi um dos objetivos da reforma. Um bom exemplo disso é o banheiro principal, que foi para a janela. A impressionante composição de banheira e chuveiro cobertos com grés é o centro das atenções. PLANO>

PLANO DE CASA

A integração dos móveis de cozinha é absoluta, uma vez que o espaço foi projetado globalmente incluindo, inclusive, os revestimentos. As paredes, por exemplo, eram parcialmente cobertas com um prolongamento da bancada, em Silestone branco, e a outra metade com tinta semi-lacada, no tom exato das frentes.
- Essa continuidade visual foi reforçada com a instalação do mesmo piso escolhido para o resto da casa; É um piso de carvalho maciço pintado de branco com um produto de dois componentes que o impermeabiliza e torna possível esfregar a superfície sem problemas. Esse acabamento também reflete a luz e melhora a clareza de todos os ambientes.

Vídeo: Apartamento T3 renovado ao Padrão da Légua - Matosinhos (Junho 2020).