Outros

Um estúdio inspirador para um artista

Um estúdio inspirador para um artista

D.R

Vendo hoje este espaço cheio de charme, é difícil acreditar que durante anos foi um canto escuro e danificado pela umidade nos fundos de um edifício de Lisboa. A falta de isolamento, luz, cozinha e banheiro impossibilitavam as condições de habitá-lo. Mas uma música em busca de um lugar para criar viu seu potencial e decidiu dar uma segunda chance.

O estúdio português ARK Studio foi quem fez o milagre, dando a este abrigo uma nova janela, um fogão para aquecê-lo, uma mini-cozinha e um banheiro. Seus membros decidiram preservar as características arquitetônicas típicas da região, como vigas de madeira e paredes brancas, e combiná-las com acabamentos mais atuais e simples, como piso de cimento polido, portas e móveis de madeira de pinho. Para aquecer e despertar a inspiração do novo habitante, eles procuraram por móveis vintage de inspiração artística em mercados de segunda mão. Aqui você respira arte.

www.arkstudio.pt

Publicidade - Continue lendo abaixo Segunda chance

Era um armazém molhado, escuro e esquecido. Hoje é o refúgio de Lisboa, onde ele cria música.

Começar de novo

O ARK Studio foi encarregado de reformá-lo para torná-lo adequado para a vida.

Respeite a essência

Os arquitetos do ARK Studio queriam preservar elementos originais, como vigas de madeira e paredes brancas, características das casas da região.

Menos é mais

Para não recarregar muito o espaço, eles escolheram móveis simples com cores serenas.

O passado volta

As peças foram pesquisadas em mercados de segunda mão para adicionar personalidade ao espaço com sua história.

Acorde as musas

Eles queriam criar uma atmosfera calma e inspiradora.

Quente

Eles instalaram um fogão para aquecer o estudo.

Cores

Madeira, branco e cinza são a decoração predominante.

Sereno e natural

Um detalhe da decoração.

Novos espaços

Para torná-lo habitável, foi necessário instalar uma mini-cozinha e um banheiro.

Tem madeira

Os móveis da cozinha foram fabricados com madeira de pinho.

Armazenamento aberto

Além dos armários, foram instaladas prateleiras para expor algumas peças.

Fácil acesso

Também facilita o acesso aos utensílios mais utilizados.

Banheiro

A porta de correr do banheiro também foi feita de madeira de pinho.

Armazenamento banheiro

Como o armário do banheiro.

Mais perto

Detalhe da pia, do armário e do espelho.

Chuveiro refrescante

O banheiro tem um chuveiro.

Simplicidade

Aqui também continuamos com a estética do restante do estudo.

Expressão mínima

O chuveiro minimalista

Aberto para o exterior

Para trazer a luz para dentro, os arquitetos abriram uma nova janela.

Fora

Um pátio separa o estudo do edifício principal.

Bem isolado

O isolamento externo foi muito importante no projeto, pois no passado a umidade era intensa.